Ceará tem dia sem chuva em nenhuma cidade e sem previsão de precipitações

Período chuvoso no Ceará, que ocorre entre fevereiro e maio, está próximo do fim sem que os maiores açudes tenham recebido boa carga de água.

O Ceará teve nesta quarta-feira (24) mais um dia sem chuva em nenhum dos 184 municípios do estado, e a previsão é de pouca ou nenhuma precipitação para os próximos dias, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Esta quarta foi o segundo dia do período chuvoso no Ceará em que não houve chuva no território do estado.
Desde de 13 de maio, as chuvas registradas no estado são fracas ou moderadas, insuficientes para dar uma recarga nos principais açudes do estado.
A previsão para os próximos dias também é de pouca chuva. Nesta quinta (25), conforme a Funceme, há possibilidade de chuvas isoladas no sul e na região Jaguaribana ao longo do dia. Nas demais regiões cearenses, deve ocorrer céu entre parcialmente nublado e claro.
Para sexta-feira (26), a Funceme prevê nebulosidade variável no decorrer do dia, com possibilidade de chuvas isoladas no centro-norte do estado. Nas demais regiões, céu entre parcialmente nublado e claro.

Açudes com pouca água

Com distribuição espacial irregular, os grandes açudes do Ceará continuam com baixa reserva de água. Atualmente, os 153 reservatórios do estado encontram-se, em média, com apenas 12,6% de sua capacidade de armazenamento. O principal açude que abastece Fortaleza, o Castanhão, com apenas 5,9% de sua capacidade de armazenamento.
De acordo com a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), apenas 10 açudes estão com a capacidade máxima de armazenamento; 104 estão com volume abaixo de 30%; 38 estão operando em volume morto e 17 estão completamente secos. Atualmente, 94 das 184 cidades do Ceará estão em situação de emergência por causa da falta de água.

Por Messias Bezerra / G1-CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.