Cunha diz a advogados que não tem 'estômago' para fazer delação

Integrantes da defesa do ex-parlamentar diz que ele não possui mais alternativa para sair da prisão, a não ser coloborar com a Justiça

Em conversas com advogados, o ex-deputado Eduardo Cunha disse, na semana passada, que não teria "estômago" para fazer delação premiada. 
Contudo, integrantes da defesa de Cunha dizem que, após a delação de Joesley Batista, dono da JBS, ele não possui mais alternativa para sair da prisão, a não ser coloborar com a Justiça.
Já outros interlocutores do ex-parlamentar dizem que, diante de tantas delações, Cunha não teria mais uma cartada na manga para conseguiu o benefício da Justiça, informou a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.
Cunha é alvo de quatro processos e 20 inquéritos.
Por Messias Bezerra / Notícias ao Minuto

Nenhum comentário