Decolagem e explosão: tetra da Indy, Dixon sofre acidente assustador nas 500 Milhas

Neozelandês não consegue desviar de Jay Howard, que havia batido sozinho. Carro do piloto decolou e explodiu no muro. Por sorte, ninguém se machucou

ole position e um dos favoritos à vitória na 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, disputada neste domingo, Scott Dixon (Chip Ganassi) escapou sem ferimentos de um gravíssimo acidente que assustou quem acompanhava a prova. A corrida estava na 53ª das 200 voltas quando o inglês Jay Howard bateu no muro sozinho e atravessou a pista sem direção. O neozelandês tetracampeão da categoria vinha logo atrás, não conseguiu desviar a tempo e acertou Howard em cheio, a mais de 300km/h.
Com o choque, o carro de Dixou decolou, bateu com violência no muro interno e chegou a explodir em chamas por causa do vazamento de combustível. O bólido do tetracampeão ficou completamente destruído, restando apenas a célula de sobrevivência e uma das rodas. Por sorte, apesar das imagens assustadoras, Dixon saiu andando do carro, sem ferimentos. Howard também não se machucou.
- Acredito muito na segurança dos carros, no chassi. Não tinha muito o que fazer na hora. Estou triste pela equipe, pela prova. Tinha um grande carro e estava muito forte para brigar. Foi uma batida pesada, mas estou bem. Fico triste pelo time que trabalhou duro - disse Dixon em entrevista, ainda na pista, logo após a batida assustadora.
Por muito pouco, o carro de Dixon não caiu em cima da Penske de Helio Castroneves, que passava pelo local no exato momento do acidente.
ASSISTA AO VÍDEO ONBOARD DA BATIDA:
ASSISTA AO VÍDEO DA CÂMERA DO CARRO DE CASTRONEVES:




Por Messias Bezerra  / Globo Esporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.