Papa afirma que não julgará Trump antes de ouvi-lo

Trump e Francisco irão se reunir no fim de maio


O Papa Francisco disse neste sábado (13) que será "sincero" com o presidente com Donald Trump em relação aos seus diferentes pontos de vista em questões como imigração e mudança climática. Trump e Francisco irão se reunir no fim de maio.
O pontífice também disse aos repórteres que o acompanhavam no voo de volta de Portugal, onde canonizou os dois mais novos santos da Igreja Católica, que manteria uma mente aberta e não julgaria Trump até ouvir suas opiniões pessoalmente.
 "Mesmo que se pense de forma diferente, temos que ser muito sinceros sobre o que cada um pensa", disse Francisco, acrescentando que esperava encontrar "uma porta pelo menos parcialmente aberta" para o diálogo com Trump, para que pudessem contribuir para a paz mundial.
No ano passado, em meio a polêmica proposta de Trump de construir um muro na fronteira com o México, o Papa afirmou: "uma pessoa que só pensa em construir muros, onde quer que estejam, e não constrói pontes não é cristã".
Trump e Francisco também têm posições antagônicas em relação às mudanças climáticas. Com informações do Sputnik Brasil.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.