Anitta é condenada a pagar indenização milionária à ex-empresária

Justiça do Rio de Janeiro determina que a funkeira deposite R$ 1,28 milhão em conta judicial


Em meio a uma maré de sorte, com sucesso crescente no Brasil e no exterior, Anitta se depara com uma notícia bastante desagradável.
A juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, determinou que a cantora deposite a quantia de R$ 1,28 milhão em conta judicial como garantia, em ação movida por sua ex-empresária, Kamila Fialho, da empresa de gerenciamento de carreiras K2L. A informação é do jornal O Globo.
A briga entre as duas começou em 2014, quando Anitta decidiu quebrar o contrato com a empresa e gerenciar a carreira por conta própria.
Detalhes
O laudo da perícia judicial apurou que o valor da multa contratual a ser recebida pela K2L é de R$ 9.646.222,07. Em julho de 2015, a cantora fez um depósito judicial de R$ 3 milhões, que atualizado chega hoje a R$ 4.222.249,81.
Por sua vez, na ação de prestação de contas que ajuizou contra a empresa, Anitta acusa a ex-empresária de desviar R$ 2.479.301,00, fato que ainda não foi provado. O valor atualizado estaria em R$ 4.146.224,65.
Assim, segundo a nova decisão judicial, os R$ 1.282.747,61 a serem depositados pela cantora correspondem à diferença entre o valor da multa contratual (R$ 9.646.222,07) e o que Anitta diz ser seu crédito, menos o valor do depósito que a artista já fez.
Por Messias Bezerra / Notícias ao Minuto



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.