Faustão, em crítica ao TSE: 'Brasil tem que tirar os otários da frente'

Após desabafar, em seu dominical, o apresentador ouviu as opiniões de Diogo Nogueira e Padre Fábio de Mello

Abertamente insatisfeito com a crise política do Brasil, o apresentador Fausto Silva alfinetou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decretou a absolvição da chapa Dilma-Temer. O desabafo aconteceu durante a exibição do programa "Domingão do Faustão" (TV Globo) deste domingo (11), segundo o jornal A Tarde.
"O Brasil tem que tirar os vários otários da frente", disse Faustão, que acrescentou: "E fica a lição para uma próxima eleição. Não adianta a gente reclamar de quem está lá dentro, porque quem os elegeu fomos nós. País rachado só interessa a corruptos unidos".
Na ocasião, o padre Fábio de Mello, que participava do programa, entrou na discussão e declarou que o julgamento do TSE foi "uma vergonha que vivemos nesta semana".
"Aqueles que até então estavam divididos, ficaram todos indignados por uma mesma causa. Somos um país que nem sempre pode contar com a Justiça que tem, o que é lamentável. E nós precisamos mudar isso em nossa atitude", declarou Fábio.
O sambista Diogo Nogueira, que também estava presente na edição, também criticou os políticos. "Na verdade, esses caras são todos um bando de otários", afirmou o músico.
A discussão política, em pleno programa dominical, repercutiu na internet.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.