Fla e Botafogo fazem jogo fraco e ficam no empate em Volta Redonda

Clássico não saiu do zero na manhã deste domingo

Num clássico quente e bastante disputado, Flamengo e Botafogo perderam chances claras com seus homens de frente e ficaram no empate em 0 a 0, na manhã deste domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).
Aos 9 minutos do segundo tempo, Guerrero ganhou na corrida e ficou cara a cara com Gatito Fernández. O goleiro alvinegro, em ótima fase, saiu bem e defendeu. A resposta do Botafogo veio 23 da etapa final num contra-ataque fulminante em que Roger esteve livre para marcar, mas chutou para fora.
Para completar a manhã de gols perdidos, Everton, aos 23, recebeu lindo passe de Trauco mas, desequilibrado, concluiu mal quando também estava sozinho.
Na próxima quarta-feira, o Flamengo visita o Sport, em Recife (PE), e o Botafogo o Santos, em São Paulo (SP).
Demonstrando estar em ótima fase, o goleiro Gatito Fernández novamente foi seguro e fez boas defesas que ajudaram o Botafogo.
O jovem Vinícius Júnior, já negociado para o Real Madrid, quase fez seu primeiro gol pelo profissional do Flamengo. Ele entrou no segundo tempo no lugar de Ederson e, aos 38 minutos, recebeu de Everton e bateu com categoria. A bola explodiu no travessão.
O volante Airton caiu por cima do tornozelo esquerdo e, nas imagens pela TV, a lesão pareceu ser séria. Ele deixou o gramado chorando bastante e passará por exames. O lateral esquerdo Vitor Luís foi outro que sofreu uma lesão no joelho esquerdo após e também deixou o gramado do Raulino de Oliveira chorando. Ambos os lances foram no primeiro tempo e após dividida com Willian Arão.
Ex-jogador do Botafogo, o meia Willian Arão, como de costume, foi bastante hostilizado pelos alvinegros. O atleta foi pivô, inclusive, de uma disputa jurídica entre os clubes.
Embora não seja uma obrigatoriedade como no Campeonato Carioca, o árbitro Dewson Fernando Freitas optou por conceder uma parada técnica para os jogadores se hidratarem em função do forte calor em Volta Redonda (RJ).
O técnico Zé Ricardo veio com novidades para o clássico. Diego, depois de longo tempo parado por lesão, retornou e ficou no banco de reservas. O zagueiro Rafael Vaz foi barrado e o veterano Juan assumiu a titularidade. O lateral esquerdo Trauco voltou no lugar de René.
Já o técnico Jair Ventura teve os desfalques dos meias Camilo e Rodrigo Lindoso e do atacante Guilherme.
FLAMENGO
Alex Muralha; Pará, Réver, Juan e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão (Leandro Damião), Cuéllar (Diego), Everton e Ederson (Vinícius Júnior); Paolo Guerrero
T.: Zé Ricardo
BOTAFOGO
Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis (Gilson); Airton (Dudu Cearense), Bruno Silva, João Paulo e Matheus Fernandes; Rodrigo Pimpão (Joel) e Roger
T.: Jair Ventura
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Hélcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Cartões amarelos: Cuéllar (FLA); Bruno Silva, Joel Carli (BOT)
Gols: Nenhum. Com informações da Folhapress.
Por Messias Bezerra / Notícias ao Minuto
Ouça Nossa Rádio no Radios.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.