Moraes vira relator de inquérito contra Aécio no STF

Investigação estava com o ministro Edson Fachin, mas foi redistribuída por não ter conexão com a Lava Jato

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), vai relatar um dos inquéritos que miram o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) na Corte. O caso em questão apura possível envolvimento do tucano em um esquema para fraudar licitações na construção do Centro Administrativo de Minas Gerais – sede do governo estadual – e obter benefícios indevidos de recursos públicos. Antes, a ação estava a cargo do minsitro Edson Fachin, relator da Lava JatoAs informações são da revista Veja.
Moraes era filiado ao PSDB té ser indicado pelo presidente Michel Temer (PMDB) para ocupar uma vaga no Supremo, após a morte do ministro Teori Zavascki, em acidente aéreo em janeiro deste ano em Paraty (RJ).
O caso foi redistribuído junto a outros quatro inquéritos nesta terça-feira (27)pela presidente do STF, Cármen Lúcia, por meio de sorteio eletrônico. Para a ministra "inexiste conexão" entre os fatos descritos nesses inquéritos e aqueles relacionados à Operação Lava Jato.
Por Messias Bezerra

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.