Demi Lovato se revolta com polêmica da "cura gay" no Brasil

A artista usou seu Facebook para se manifestar contra a liminar do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho

Demi Lovato se revolta com polêmica da "cura gay" no Brasil
A polêmica decisão do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, que permite que psicólogos tratem gays e lésbicas como doentes, podendo fazer terapias de "reversão sexual", chamou atenção até da cantora pop americana Demi Lovato. A artista usou seu Facebook para se manifestar contra a liminar da Justiça.
Demi postou a imagem que viralizou no início da semana com a frase "amor não é doença, é cura. Trate seu preconceito". Na legenda, ela escreveu: "Pensando em você hoje no Brasil. Espero ver esta decisão errada corrigida em breve.". A cantora complementou o post com as hashtags #respeito e #amor.
A cantora se uniu ao grupo de celebridades brasileiras que se mostraram contrários e revoltados com a decisão.
Por Messias Bezerra

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.