Moro pede mais uma perícia em processo que apura propina para Lula

Caso envolve a compra de um terreno e de um apartamento, em São Bernardo do Campo (SP), que beneficiariam o ex-presidente

Moro pede mais uma perícia em processo que apura propina para Lula
O processo que investiga a suposta propina paga ao ex-presidente Lula, pela Odebrecht, por meio da compra de um terreno destinado ao Instituto Lula e de um imóvel vizinho ao do petista, e que era usado por ele e por dona Marisa, em São Bernardo do Campo (SP), ganha um novo capítulo.
O objetivo, de acordo com informações do portal G1, é saber quando e quem inseriu no relatório os registros de pagamentos para o prédio do Instituto Lula.O juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, determinou, nessa quarta-feira (27), que a Polícia Federal realize mais uma perícia, dessa vez na planilha Italiano, apresentada pela empreiteira como a contabilidade dos recursos distribuído para o PT.
Moro também deu prazo de dez dias para a força-tarefa apresentar extratos das contas das offshores da Odebrecht que estejam relacionados à compra do terreno.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.