Nos braços de sua torcida, Vasco vence Botafogo no Maracanã

image
Nenê chuta com categoria para marcar o gol da vitória- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O reencontro do Vasco da Gama com a sua torcida, no Rio de Janeiro, foi marcado por festa vascaína no Maracanã. Na noite deste sábado (14/10), o Gigante da Colina levou a melhor diante do Botafogo, pelo placar de 1 a 0, e garantiu a comemoração dos torcedores que compareceram ao clássico carioca, válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da equipe de São Januário foi marcado por Nenê, no decorrer do segundo tempo.

O próximo passo na competição nacional será diante do Atlético Goianiense, na próxima quarta-feira (18), às 19h30, na casa do adversário. O resultado positivo levou o Cruzmaltino a oitava posição, somando 39 pontos.

O JOGO

No gramado do Maracanã, ao lado de sua torcida, o Vasco teve a primeira boa chance logo no primeiro minuto de bola rolando. O atacante Thalles sofreu falta, perto da entrada da área, e Nenê bateu com perigo, mas o zagueiro Igor Rabello subiu para afastar o perigo. Aos três, após uma boa subida de Ramon pela esquerda, o Cruzmaltino assustou o adversário com mais uma bola da área, mas Gatito Fernández saiu para fazer a defesa.

image
Wellington acertou a trave do Botafogo no primeiro tempo
Aos 10 minutos de jogo, o Botafogo chegou pela direita. Arnaldo cruzou mas o goleiro Martín Silva saiu com tranquilidade para ficar com a bola. Logo na sequência, foi do Vasco a primeira chance clara de abrir o placar. Wellington recebeu no meio e mandou um belo chute de fora da área, a bola tirou tinta da trave do Alvinegro e saiu pela linha de fundo.

Quando o cronômetro marcava 13 minutos, o Vasco voltou a levar perigo para a área do adversário. Após um cruzamento pela direita, Mateus Vital arrematou forte, mas Joel Carli apareceu no caminho e a redonda foi desviada pelo defensor. Aos 28, foi a vez do Botafogo criar oportunidade. Bruno Silva puxou contra-ataque e acionou Arnaldo, que cruzou para Marcos Vinícius bater de primeira e parar em boa defesa do goleiro de São Januário.

image
Thalles voltou a ser titular no clássico contra o Botafogo
Antes do árbitro apitar o fim da primeira etapa de jogo, o Gigante da Colina ainda chegou com Ramon, pela esquerda. O vascaíno cruzou para Thalles, que tentou cabecear mas acabou atrapalhado pelo goleiro alvinegro.

Na volta para o segundo tempo, o Gigante da Colina levantou a torcida no Maracanã, aos 7 minutos, em uma boa chegada. Mateus Vital deu um belo passe para Nenê, que bateu forte e viu a bola explodir do lado de fora da rede. Mais tarde, aos 10, Victor Luiz aproveitou uma subida alvinegra para finalizar de fora da área, mas acabou mandando a bola pela linha de fundo.

Aos 20, o Vasco teve uma boa oportunidade em uma falta batida por Nenê. O zagueiro Anderson Martins subiu para cabecear, mas a bola acabou saindo por cima do gol. Na sequência, aos 28, o Cruzmaltino foi efetivo para garantir a vantagem na partida. Nenê recebeu na intermediária, ganhou na dividida com Igor Rabello e bateu. A bola desviou em Carli e foi parar no fundo da rede: VASCO 1 x0. Nos minutos finais, o placar quase foi ampliado com cruzamento de Madson e Caio Monteiro de cabeça.

image
Paulo Vitor infernizou a defesa botafoguense na etapa final- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
FICHA TÉCNICA:
VASCO DA GAMA 1 x 0 BOTAFOGO
Campeonato Brasileiro- 28ª Rodada

Data/Horário: 14/10/2017, 19h00
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo - SP (CBF)
Auxiliares: Rogério Zanardo - SP (CBF) e Herman Vani - SP (CBF)
Cartões amarelos: Marcos Vinícius e Bruno Silva (Botafogo) / Yago Pikachu, Caio Monteiro, Paulo Vitor e Nenê (Vasco)
Gols: Nenê (23’/2T - Vasco)

VASCO: Martín Silva, Madson, Paulão, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Wagner (Yago Pikachu), Mateus Vital (Paulo Vitor) e Nenê; Thalles (Caio Monteiro). Treinador: Zé Ricardo.

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Brenner. Treinador: Jair Ventura.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.