Gusttavo Lima se defende de acusação de crime ambiental

Ao se defender, Lima diz que a represa já existia quando comprou a fazenda, no ano passado

O sertanejo Gusttavo Lima usou sua conta no Twitter para se defender da denúncia de crime ambiental no qual ele e mais três pessoas são acusados em Goiás. 
 
O delegado Luziano de Carvalho, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) informou que os acusados aumentaram a represa de uma fazenda de Bela Vista, região metropolitana de Goiânia, de propriedade do cantor. Porém, a obra não foi autorizada. 
Ao se defender, Lima diz que a represa já existia quando comprou a fazenda, no ano passado. O cantor também diz que a licença para o aumento segue em análise e aproveitou para criticar o fato de que não foi realizada uma perícia antes de concluir o caso. 
A equipe do G1 entrou em contato com o delegado, que explicou que, no caso em questão, "Não é necessário perícia. Basta uma ocorrência policial, como foi feita, com levantamento fotográfico. O vídeo mostra". 
Veja as postagens de Gusttavo Lima: 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.