Matrix 4, Duna e todos os filmes da Warner em 2021 vão ser lançados na HBO Max e nos cinemas

Matrix 4, Duna e todos os filmes da Warner em 2021 vão ser lançados na HBO Max e nos cinemas

04/12/2020 0 Por Messias Bezerra

Depois de anunciar que a Mulher-Maravilha 1984 terá lançamento simultâneo para cinemas e HBO Max, a Warner vai lançar seus 17 filmes de 2021 no HBO Max por um período de um mês que começa no mesmo dia em que estarão disponíveis nos cinemas dos Estados Unidos.

A medida é uma resposta histórica para a pandemia que fechou cinemas em todo o mundo. No plano de 2021 do estúdio estão filmes como O Esquadrão Suicida, Matrix 4, Duna, Godzilla vs Kong (que já sofria especulações de ir direto para streaming), Space Jam: Um Novo Legado, The Little Things, Judas and The Black Messiah, Tom e Jerry e Mortal Kombat.

Veja a publicação oficial:

“Estamos vivendo em tempos sem precedentes que exigem soluções criativas, incluindo esta nova iniciativa para o Warner Bros. Pictures Group”, disse Ann Sarnoff, presidente e CEO do WarnerMedia em comunicado oficial. 

“Ninguém quer os filmes de volta à tela grande mais do que nós. Sabemos que o novo conteúdo é a força vital da exibição teatral, mas temos que equilibrar isso com a realidade de que a maioria dos cinemas nos Estados Unidos provavelmente operará com capacidade reduzida ao longo de 2021”, explicou.

Com esse plano exclusivo de um ano, a empresa segue o modelo adotado por Mulher-Maravilha 1984, com as produções de 2021 ficando disponíveis para assinantes da HBO Max por 31 dias, sem custo adicional. Depois desse período, ficam exclusivas em cinemas até a distribuição caseira.

A decisão gera um impacto enorme em um modelo tradicional de distribuição, que a empresa afirma querer apoiar parceiros na exibição com um fluxo constante de filmes de nível mundial, ao mesmo tempo que dá aos espectadores que podem não ter acesso aos cinemas ou não estão prontos para voltar ao cinema a chance de assistir.

Vale lembrar que HBO Max está disponível apenas nos Estados Unidos, sem previsão de estreia no Brasil, e os filmes devem ter lançamento internacionalmente nos cinemas conforme planejados.