Zé Alexanddre, cantor carioca de 63 anos, ganha projeção nacional como campeão do ‘The Voice +’

♪ Cantor carioca de 63 anos, José Alexandre Gomes Coelho da Rocha e Silva – ou simplesmente Zé Alexanddre, como o artista se apresenta ultimamente, com o “d” dobrado no segundo nome – é o campeão da primeira temporada do programa The Voice +.

Na final, exibida pela TV Globo na tarde deste domingo de Páscoa, 4 de abril, Zé Alexanddre se sagrou campeão pelo time da cantora Claudia Leitte, derrotando fortes concorrentes como a cantora Leila Maria, em eleição feita pelo público telespectador.

Eleito campeão com 39,40% dos votos do público, Zé Alexanddre ganha R$ 250 mil, contrato com a gravadora Universal Music e – talvez o mais importante – projeção nacional e visibilidade inédita na carreira do cantor, compositor e músico de origem carioca e grande vivência brasiliense.

Nascido em 1957 na cidade do Rio de Janeiro (RJ), Zé Alexanddre já está em cena há mais de 40 anos, tendo iniciado a carreira artística nos anos 1970 em Brasília (DF), cidade onde morou de 1958 a 1976. Nesse início, boa parte da trajetória de Zé foi pavimentada ao lado do cantor, amigo e parceiro Oswaldo Montenegro, com quem defendeu a valsa Bandolins em festival exibido em 1979 pela TV Tupi e com quem viajou pelo Brasil na década 1980 como músico da banda de Montenegro.

Zé Alexanddre já esteve em palcos de vários festivais – como o Festival dos festivais, promovido pela TV Globo em 1985 – e já gravou álbuns como Alma de músico (1981).

A questão é que, nos anos 1980. Zé pareceu estar na sombra de Montenegro. Ao longo do programa The Voice +, o cantor brilhou com luz própria ao dar voz à canções como Pétala (Djavan, 1982) – composição que reavivou com interpretação personalíssima que lhe valeu vaga entre os quatro finalistas do programa na edição deste domingo. A disputa decisiva foi com o canto de música do grupo inglês Queen, Somebody to love (Freddie Mercury, 1976).

Compositor e músico, Zé Alexanddre tem com a vitória no The Voice + a chance de, agora mais conhecido pelo público, desenvolver a carreira com maior regularidade e maior visibilidade, ficando sozinho sob os holofotes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *