Justin Bieber aproveita a Páscoa para lança EP gospel de surpresa

Justin Bieber, 27, está cada vez mais ligado à religiosidade. Prova disso é que o cantor aproveitou a Páscoa para lançar “Freedom”, um EP com seis faixas de temática gospel.

Lançado de surpresa no domingo (4), o projeto tem a colaboração de Pink Sweat$, Tori Kelly, Chandler Moore, entre outros artistas. As músicas incluem “Freedom”, “All She Wrote”, “We’re In This Together”, “Where You Go I Follow”, “Where Do I Fit In” e “Afraid to Say (Wrong Thing)”.

O novo trabalho chega apenas duas semanas depois do lançamento de “Justice”, o sexto álbum de estúdio do cantor.

Com 16 faixas e participações de nomes como Khalid e Daniel Caesar, ele estreou em primeiro lugar na parada de álbuns 200 da Billboard.

Quatro faixas de “Justice” emplacaram no Top 40 da Billboard Hot 100. São elas “Holy” (em parceria com Chance the Rapper), “Lonely” (ao lado de Benny Blanco), “Anyone” e “Hold On”.

Em 2019, Bieber se apresentou pela primeira vez durante um culto evangélico da Hillsong, uma igreja cristã “contemporânea”, em Beverly Hills, nos Estados Unidos. Na mesma época, o cantor canadense falou um pouco sobre “momentos difíceis” nas redes sociais.

“Cantei na igreja na noite passada. Deus está me guiando em tempos difíceis. Acreditar em Jesus nos piores momentos é absolutamente o mais difícil. Mas ele tem fé para completar o que começou. Também quero agradecer minha mulher por ser um enorme apoio na minha vida”, escreveu.

Segundo o portal TMZ, Justin Bieber havia entrado em depressão profunda no mesmo ano, após ficar doente e não ter um diagnóstico assertivo. Na ocasião, ele teve muita febre, manchas na pele e dores na cabeça.

Em agosto de 2020, o cantor e a esposa, Hailey Bieber, foram batizados juntos. O casal foi fotografado afundando e emergindo suas cabeças nas águas de um rio. Bieber compartilhou o registro em suas redes sociais e escreveu: “Este foi um dos momentos mais especiais da minha vida. Confessando nosso amor e confiança em Jesus publicamente com nossos amigos e familiares.”

Segundo informações divulgadas pelo site OK! Magazine, o cantor está estudando para se tornar ministro religioso da Hillsong. O cantor estaria interessado em assumir um papel de liderança na congregação, principalmente após a saída controversa do pastor Carl Lentz.

A exoneração de Lentz, de acordo com a própria igreja, foi devido a “questões de liderança e quebra de confiança, além de uma revelação recente de falhas morais”. Segundo fontes do site, o cantor acredita ser capaz de assumir tal posição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *