Governo do Estado recebe mais de 17 mil pedidos do auxílio para trabalhadores de bares e restaurantes

O Governo do Estado recebeu, até às 23:58 horas dessa quinta-feira (08), 17.397 pedidos do auxílio de R$ 1.000,00 destinados aos trabalhadores desempregados de bares e restaurantes. O benefício será pago em duas parcelas, cada uma de R$ 500.00. São 10.000 vagas abertas para o auxílio, com uma verba total, para dois meses, de R$ 40.000.000,00.
Pelos números, as 10.000 vagas não serão preenchidas uma vez que, do quadro geral de solicitações do auxílio, 10.507 pessoas – pelos números coletados a dois minutos de encerramento do prazo de inscrições, não se enquadram nas exigências impostas na lei. Ou seja, são trabalhadores desempregados de outras áreas e não do setor de bares e restaurantes.

Ao longo do dia, técnicos da Secretaria de Turismo e do Estado se reúnem com dirigentes da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) para avaliação sobre os pedidos do benefício. Encerrado o prazo de inscrições, a segunda etapa desse processo é a avaliação do cadastro de quem se enquadra nos critérios para receber o valor de R$ 1.000,00.

MAIS AJUDA PARA 150 MIL TRABALHADORES

Além do programa de ajuda para os profissionais da área de alimentação, o governador Camilo Santana (PT) anunciou a criação de outra ação social: um auxílio cesta básica, no valor de R$ 200,00, durante dois meses, para 150.000 trabalhadores desempregados de vários ramos de atividades econômicas. O Governo do Estado já foi autorizado pela Assembleia Legislativa, por meio de projeto de lei aprovado nessa quinta-feira, a executar o programa que representa mais uma iniciativa da administração estadual para diminuir o impacto da pandemia no orçamento doméstico da população do Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *