Bolsa recua 0,82%; dólar cai para R$ 5,3350

O Ibovespa encerrou o pregão desta quinta-feira (29) em queda de 0,82%, a 120.065,75 pontos, com um movimento de realização de lucros, que alvejou ações de Petrobras e de bancos, praticamente zerando os ganhos registrados na véspera.

O Santander teve declínio de 3,87%, esvaziando boa parte dos ganhos da véspera que vieram na esteira do balanço trimestral. Puxou a fila da correção no setor bancário, com Bradesco caindo 2,98%, e Itaú cedendo 3,15% e Banco do Brasil caindo 2,2%.

Em sua estreia na Bolsa, a Caixa Seguridade fechou em alta de 3,93%, a R$ 10,05 cada ação. A estatal levantou R$ 5 bilhões em seu IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês).

Outra estreante da B3 na sessão foi a empresa de sementes de soja Boa Safra, que disparou 46,46%, após movimentar R$ 460 milhões no IPO.

Já a Lojas Americanas teve desvalorização de 5,17%, enquanto B2W subiu 7,69%. Os conselhos das duas empresas aprovaram na véspera a proposta de fusão revelada em fevereiro, o que abre caminho para uma listagem nos Estados Unidos.

Gol encolheu 1,24%, após reportar prejuízo de R$ 2,5 bilhões, ante perda de R$ 900 milhões no último trimestre de 2020.
Embraer, que teve prejuízo líquido de US$ 90 milhões no primeiro trimestre, ante perda líquida de US$ 300 milhões um ano antes, retrocedeu 4,31%.

Multiplan, que teve lucro líquido de R$ 46,3 milhões de janeiro ao fim de março, queda de quase 74% ano a ano, perdeu 2,17%.

Ecorodovias subiu 4,55% após vencer o leilão pela concessão da BR-153/414/080/TO/GO, lote pelo qual pagará um total de R$ 1,26 bilhão. Bateu a rival CCR, cujas ações subiram 0,89%.

O dólar fechou em queda de 0,46%, a R$ 5,3350, menor valor desde 26 de janeiro, quando estava a R$ 5,3230. O movimento foi impulsionado pela queda nos rendimentos dos títulos do Tesouro americano, o que reduziu o apelo pela divisa dos Estados Unidos.

Em Wall Street, o índice S&P 500 bateu mais um recorde de pontos nesta quinta, impulsionado por ganhos nas ações do Facebook após seu forte relatório de lucros. As ações do Facebook tiveram um rali de 7,3%, para uma máxima recorde, após a maior rede social do mundo superar expectativas do mercado de receita e lucros trimestrais ao divulgar seu balanço na quarta.

Das 265 empresas no S&P 500 que divulgaram resultados até o momento, 87% superaram as estimativas de lucros dos analistas, com dados da Refinitiv IBES agora prevendo um salto de 45% nos lucros.

O crescimento econômico dos EUA acelerou no primeiro trimestre, turbinado por ajuda maciça do governo para famílias e empresas, enquanto um relatório do mercado de trabalho mostrou 553 mil solicitações de seguro-desemprego na semana passada, abaixo das 566 mil no período anterior.

O índice Dow Jones subiu 0,71%, enquanto o S&P 500 ganhou 0,68%. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,22%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *