Paulo Coelho oferece R$ 145 mil a festival barrado por Mario Frias na Rouanet

Paulo Coelho ofereceu, em suas redes sociais, um valor de R$ 145 mil para cobrir, por meio de sua fundação, gastos do Festival de Jazz do Capão, na Chapada Diamantina, na Bahia. O evento foi barrado na Lei Rouanet por um parecer técnico negativo carregado de referências religiosas e que apontava uma post em que o festival de colocava como “antifascista e pela democracia” como um dos motivos pela negativa.

“A Fundação Coelho & Oiticica se oferece para cobrir os gastos do Festival do Capão, solicitados via Lei Rouanet. Entrem em contato via DM [mensagem privada] pedindo a alguém que sigo aqui que me transmita. Única condição: que seja antifascista e pela democracia”, postou o escritor nas suas redes sociais.

À reportagem, o produtor-executivo do festival afirmou que ainda não conseguiu entrar em contato com a equipe do escritor.

O parecer desfavorável ao Festival de Jazz do Capão, que está em sua nona edição, começa com a frase “o objetivo e finalidade maior de toda música não deveria ser nenhum outro além da glória de Deus e a renovação da alma”, atribuída a Johann Sebastian Bach.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *